A guerra da Coreia foi um conflito militar entre a Coreia do Norte, com apoio da China, e a Coreia do Sul que era apoiada pela Força das Nações Unidas e pelos Estados Unidos. Essa guerra teve duração de 3 anos, de 1950 a 1953.


Depois de conseguir em 1945 o reconhecimento como país, após a derrota do Japão na Segunda Guerra mundial, a Coreia passou a enfrentar um problema interno.


A região norte tinha como regime político o comunismo, enquanto que a região do sul tinha regime político capitalista.


Por conta dessas divergências políticas o país foi dividido em dois, Coreia do Norte (República Popular Democrática da Coreia) e a Coreia do Sul (República da Coreia). A divisão territorial foi feita a partir do paralelo 38°, que demarca o limite de cada país.


Início da guerra:

Essa divisão territorial não foi tão amistosa quanto parece e sempre houve conflito entre as duas Coreias.


Porém em 1950 a Coreia do Norte decidiu atacar efetivamente a Coreia do Sul a fim de conquistar seu território.


Nessa invasão do exército a Coréia do Norte chegou a dominar a capital Seul. Nesse momento as Forças das Nações Unidas e os Estados Unidos (aliados da Coreia do Sul)entraram na guerra para intervir contra essa invasão.


Por outro lado, a China apoiava a Invasão que a Coreia do Norte tentava e enviava tropas aliadas, a União Soviética participava mais de longo e apenas enviava suprimentos.


Fim da guerra:

No ano de 1953 a Coreia do Sul se mostrava mais forte e com muitas vitórias mas, mesmo assim a Coreia do Norte não se rendia à tantos danos causados em seu território e população.


Para dar fim a guerra, os Estados Unidos ameaçaram usar de armas nucleares para garantir a derrota da Coreia do Norte, caso a mesma não se reconhecesse a vitória da vizinha do sul.


No mesmo ano a Coreia do Norte e a China aceitaram uma proposta de paz feita pelas Nações Unidas e assinaram um tratado de paz. Dando fim à uma guerra de 3 anos.



Saiba mais sobre a guerra da Coreia, clique aqui.